Obesidade

A obesidade é uma doença como todos já sabem, mas talvez alguns desconheçam que se trata de Doença Crônica. Outro ponto bastante relevante para o tratamento desta doença é seu aspecto Emocional. Muitos acreditam que o tratamento se resume a Medicamento para Emagrecimento, Reeducação Alimentar e Atividade Física. Uma pessoa que siga exemplarmente esse tratamento irá alcançar resultados favoráveis, sem dúvida. Porém, temos observado que frente a situações que envolvam a parte emocional, essa mesma pessoa tende a apresentar reganho de peso, e assim, temos o conhecido “efeito sanfona” (engorda / emagrece / engorda / emagrece). Tudo isso, porque não houve preocupação em tratar a origem do problema.

Considero relevante olharmos para nossa vida emocional, e observarmos como estamos vivendo. Em diversas situações, ouço relatos de pacientes que frente a um conflito, um impasse, uma decepção ou frustração colocaram seu tratamento em risco, por descontar na comida tudo aquilo que não souberam expressar verbalmente. Nunca conseguiram colocar o limite nas relações interpessoais, e situações que envolvem trabalho, vida social, etc…

Então, vejam como nossas emoções podem se manifestar, contra nós mesmos, uma vez que tudo aquilo que não foi dito, vai se acumulando a ponto de explodir. Essa explosão pode acontecer no corpo, causado por um adoecimento. Nem sempre o momento é oportuno para tratamento. Podemos estar enfrentando uma fase de dificuldade financeira, instabilidade no trabalho, no casamento. Quanto mais adiarmos esse olhar de cuidado, mais crítica se torna a situação em que nos encontramos.

A preocupação da Psicologia é fazer com que as pessoas entendam que “emagrecer nas emoções”, afeta de maneira extremamente positiva nossa cabeça, nosso modo de pensar, e reagir na vida. Precisamos lembrar que corpo e mente não se separam. Essa dupla precisa estabelecer uma comunicação eficiente.

Quando o aspecto psicológico se apresenta mais equilibrado e saudável o resultado é de mais segurança no tratamento clínico, pois é possível identificar os obstáculos a vencer.

Lembre-se que a Psicologia não visa o emagrecimento corporal diretamente, mas envolve sentimentos, emoções, conflitos.

O emagrecimento físico será uma consequência.

ELIANA DIAS SOARES
Psicóloga Clínica Especialista em Transtornos Alimentares e Obesidade
Contato: (11) 9 9717-1902
Endereço Eletrônico: elianadsoares3@gmail.com