ESPECIALIDADES

MEDICINA DO ESTILO DE VIDA

A Medicina do Estilo de Vida é a prática baseada em evidências para ajudar indivíduos e famílias a adotarem e manterem comportamentos saudáveis que afetam a saúde e a qualidade de vida.

Utiliza abordagens terapêuticas de estilo de vida baseadas em evidências, como nutrição predominantemente baseada em dieta com vegetais e alimentos integrais, atividade física regular, sono adequado, administração do estresse, evitar uso de substâncias de risco, e outras modalidades não farmacológicas, com a intenção de prevenir, tratar e, por vezes, reverter as doenças crônicas relacionadas ao estilo de vida que são tão prevalentes.

A MEV é baseada em 6 pilares:

1.

Alimentação saudável é um fundamento importante da saúde, sendo o tratamento (ou a causa) de uma grande variedade de doenças. Dê preferência a alimentos de origem vegetal, naturais e integrais. Minimize alimentos de origem animal e alimentos super processados. É importante consumir uma ampla variedade de vegetais, incluindo cereais integrais, hortaliças, leguminosas (como feijões, lentilhas e grão de bico), frutas, castanhas, sementes e especiarias.

2.

Movimente-se! Atividade física, mesmo que não esportiva, tem efeitos em prevenção, tratamento e até reversão de doenças. 150-300 minutos semanais, distribuídos ao longo da semana são suficientes. Quanto mais, melhor. Entenda que há diferença entre exercício e atividade física. A atividade é qualquer movimento que você possa fazer no seu dia a dia. Então, caminhar, subir escadas, passear com o seu pet… tudo isso pode auxiliar para que você se torne mais ativo.

3.

Sono reparador. Baixa qualidade ou privação de sono pode trazer piora de qualidade de vida, transtornos de concentração, memória e disfunções imunológicas e hormonais, além de ser um risco para desenvolvimento ou agravo de doenças crônicas. Você sabia que apenas 1 noite de sono mal dormida pode ser capaz de alterar seus hormônios? O hormônio da fome Grelina aumenta e o da saciedade Leptina diminui, fazendo assim que você, durante o dia, busque por mais alimentos calóricos. A Medicina do estilo de vida estimula o sono saudável, identificando e tratando hábitos de sono, influências ambientais e possíveis distúrbios do sono, fortalecendo um dos fundamentos da nossa saúde.

4.

Controle de tóxicos – Álcool e tabaco são as principais drogas lícitas da nossa sociedade.
O tabaco já está definitivamente estabelecido como causa de muitas doenças, portanto o seu consumo (em qualquer forma!) é fortemente desencorajado. É recomendável também moderação no consumo de álcool, pois o excesso pode levar a problemas de saúde.

5.

Gerenciamento do estresse quando o estresse é excessivo pode levar à ansiedade, depressão, obesidade, disfunção de imunidade e piora na saúde. Auxiliar os pacientes a reconhecer respostas negativas ao estresse e gerar mecanismos para lidar melhor com ele pode facilitar o desenvolvimento de hábitos saudáveis, promovendo saúde e bem estar.

6.

Relacionamentos saudáveis e conexão social são essenciais para nossa resiliência emocional e saúde em geral. Estudos mostram que indivíduos com fortes conexões sociais tendem a ser mais longevos e saudáveis, no entanto isolamento e solidão são associados com maior chance de desenvolver doenças e de morrer precocemente.