Você sabe o que são os alimentos funcionais?

Alimentos funcionais, como o próprio nome diz, são alimentos que exercem alguma função em nosso organismo, que vão além de suas características básicas e valor nutritivo. Causam benefícios à saúde, podendo desempenhar um papel importante na redução do risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer, diabetes, doenças cardiovasculares, entre outras. Podem ser alimentos naturais ou enriquecidos com vitaminas, minerais, pré ou próbióticos e alguns outros aditivos. Porém, é necessário que o consumo destes alimentos seja de maneira regular e diária, com base em uma alimentação equilibrada e balanceada para que os resultados sejam alcançados.

Existem vários alimentos funcionais disponíveis mas, os mais procurados são:

A linhaça, que foi a primeira a aparecer como alimento com propriedades benéficas à saúde e no auxílio à perda de peso, em seguida veio a quinoa e, agora a "queridinha" da vez é semente de chia. Diante de tantas opções, existem muitas dúvidas em relação a qual se deve consumir.

As três possuem propriedades semelhantes, substâncias funcionais, muitas vitaminas, além de fibras e minerais.

A semente de linhaça é fonte de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, minerais, vitaminas e fibras, além de conter uma substância chamada lignana, que pode contribuir na prevenção do câncer de mama, por “imitar” estrógeno, auxiliando na diminuição dos sintomas da menopausa. Os benefícios da linhaça aumentam quando a semente é moída ou triturada. Pode ser incluida em preparações como bolos, tortas, sopas ou ser acrescentadas em frutas, iogurtes, vitaminas, etc. Uma colher de sopa de semente de linhaça tem aproximadamente 62 kcal, 3,9g de fibra, 3g de ômega 3 e 0,9g de ômega 6.

A Quinoa é um grão com alto poder nutritivo, possui proteína de alta qualidade, além das grandes quantidades de vitaminas e minerais. Podemos destacar também a quantidade de fibras presente. As fibras colaboram com o bom funcionamento intestinal, ajudam no controle do colesterol e da glicemia (açúcar do sangue), entre outras funções importantes para o organismo. Outra vantagem é não ter o glúten em sua composição, dessa forma as pessoas com intolerância ao glúten também podem consumir a quinoa. 1 colher de sopa da quinoa em flocos tem aproximadamente 52kcal e 0,9g de fibras.

A semente de chia possui boa quantidade de ômega-3, fibras, cálcio, magnésio, potássio, proteínas e vitaminas do complexo B. Devido a essas propriedades contribui para a saúde, a redução do colesterol, controle da glicemia, boa formação óssea, prevenção do envelhecimento precoce e melhoria geral da imunidade do organismo. 1 colher de sopa de semente de chia tem aproximadamente 55 calorias, 6,2g de fibra, 2,9g de ômega 3 e 0,86g de ômega 6.

Ela está disponível no mercado de três formas: óleo, farinha e grão. O óleo pode ser usado como temperos de saladas e pratos em geral, e a farinha ou o grão podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras preparações.

Como você pode ver os três tem componentes mais do que recomendados para você incluir em sua alimentação. Para quem quer emagrecer, elas podem ajudar com relação a saciedade, ajudando no controle da fome, devido as fibras presentes e também no bom funcionamento do intestino, por isso são ótimas aliadas no processo de eliminação de peso.

Mas fique atento às quantidades! É importante escolher somente uma delas para consumir no dia e somente 2 colheres de sopa, que é a quantidade ideal para que haja benefício.

Outro alimento em alta é a Goji (em inglês Goji Berry), que é uma planta com origem nas montanhas do Tibete e que possui muitas propriedades por ser rica em aminoácidos (compostos que auxiliam no reparo e manutenção dos tecidos do corpo), antioxidantes, vitamina C. Além de tudo isso têm ação antiinflamatória. A fruta pode ser consumida crua, desidratada (passas), em sucos ou chás ou ainda em pó. A goji berry em passas pode ser consumida pura, como lanche no meio da manhã ou à tarde, ou servida com cereais, iogurte, açaí e sorvete. Pode-se misturar a goji com outras frutas secas ou passas. A quantidade recomendada de consumo diário costuma ser uma mão cheia, ou cerca de 40 ou 50 gramas.

Thais Capucho Antonelli
Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em Dezembro de 2007. Pós-graduada em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho em Junho de 2010.
Registro no Conselho Regional de Nutricionistas - CRN 3 – 23598.
Contato: email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Marque sua consulta pelo telefone: Medprimus clínica 11 3262 5564

 

Onde estamos?


Alameda dos Maracatins, 1217 conj. 806 - Moema/SP - CEP: 04089-014

Entre em contato

------------------------------------------------------
11 37991414

Agende pelo WhatsApp: 011 97766-9000

------------------------------------------------------
draviviane@endoquali.com.br

Siga a EndoQuali

Acompanhe as dicas
e novidades para a sua saúde.